in

UAUUAU

Ansiedade, quais os sintomas e como identificá-los

Tempo de leitura: 3 minutos

Os problemas de ansiedade causam um impacto muito grande na qualidade de vida, na saúde e na produtividade, por exemplo. Saiba então, como reconhecer os sinais e como fazer para tratar!

A ansiedade é um termo geral para vários males causadores de nervosismo, medo, apreensão e preocupação. Ou seja, um sentimento desagradável de terror de que alguma coisa venha acontecer. Bem como a sensação de que a pessoa vai morrer a qualquer momento por exemplo.

Além disso, a ansiedade também pode ser um sentimento vago e desagradável de medo e apreensão. Nesse caso, a pessoa fica tensa e com medo de algum perigo, de algo desconhecido ou estranho.

No entanto, existe uma diferença entre medo e ansiedade. Pois o medo é uma resposta a uma provável ameaça. Enquanto a ansiedade é a expectativa de uma ameaça futura.

Portanto, a ansiedade é um sentimento de inquietação e preocupação, geralmente generalizada e sem foco. Ou seja, é uma reação exagerada a uma situação que não existe.

Ela também pode se manifestar juntamente com tensão muscular e inquietação. Além da fadiga e problemas de concentração. No entanto, a ansiedade pode ser necessária para o corpo. Nesse caso pode acontecer de vez em quando. Mas quando ela acontece com frequência, a pessoa pode estar com transtorno de ansiedade.

Ansiedade, quais os sintomas e como identificá-los

Sintomas de ansiedade

Físicos

  • palpitação;
  • dificuldade de respiração;
  • boca seca;
  • náuseas;
  • aumento da frequência urinária;
  • tonturas;
  • tensão muscular;
  • suor em excesso;
  • desconforto na barriga;
  • tremores e pele fria;
  • além de insônia.

Psicológicos

  • sentimentos de medo ou ameaça;
  • se irrita com facilidade;
  • sentimento de pânico;
  • preocupação excessiva com situações comuns;
  • dificuldades para se concentrar, dormir e relaxar.

Geralmente, surgem três tipos de ansiedade nas consultas médicas:

Transtorno de ansiedade generalizada

Ansiedade, quais os sintomas e como identificá-los

Este transtorno, combina estresse com uma preocupação excessiva e desproporcional. Este mal atinge cerca de 3% na população adulta. Além disso, ela interfere diretamente na produtividade, altera a rotina e os hábitos da pessoa. Os sinais mais comuns são:

  • sensação de estar no limite;
  • se cansar com facilidade;
  • dificuldades de concentração;
  • irritação;
  • tensão muscular;
  • insônia.

Fobia social

Do mesmo modo, cerca de 7 a 9% das pessoas podem apresentar este tipo de transtorno. Mas infelizmente, muitas destas pessoas não procuram ajuda médica.

A pessoa com fobia social tem medo intenso de um objeto, pessoa ou alguma situação específica.

Além disso, há também outros tipos de fobia. Como por exemplo, o medo de locais fechados e medo de ficar sozinho em locais públicos. Mas não podemos deixar de fora o medo de aranha e o medo de buracos.

Síndrome do pânico

Este transtorno atinge de 2 a 3% dos adultos, acontece quando ocorrem episódios de pânico de forma constante. Um ataque de pânico caracteriza-se por diversos sintomas como: palpitação, suor, tremor e falta de ar. Além disso, a pessoa também pode sentir náusea, desconforto abdominal, tontura, arrepios e formigamento. Uma das atitudes mais frequentes é o medo de perder o controle e medo de morrer por exemplo.

Enfim, os quadros de ansiedade precisam de tratamento adequado. As pessoas que apresentarem estes sintomas precisam buscar ajuda médica.

E aí, você já teve ou tem algum destes sintomas de ansiedade? Diga aí nos comentários. Mas não esquece de deixar seu voto positivo e a sua reação.

A melhor hospedagem para o seu site

Merece 1 ponto seu?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Escrito por Anderson di Aguiar

Gestor Social Media
2 prêmios de melhor blog do Brasil com Frango Nerd
Sócio da Aramado Midia Marketing Digital
Webdesigner - Designer - Problogger

Comer à noite, como isso pode influenciar seu sono?

Comer à noite, como isso pode influenciar seu sono?

Ressaca: receitas saudáveis para eliminar o mal-estar

Ressaca: receitas saudáveis para eliminar o mal-estar