in

GosteiGostei

Canela para diabetes ajuda no controle da doença

Tempo de leitura: 3 minutos

De acordo com pesquisas recentes, o benefício da canela para diabetes está na redução dos níveis de glicemia no sangue.

Quem nos informa é o Journal of the American College of Nutrition. Recentemente, ele publicou um estudo brasileiro que analisa a relação entre a canela e o diabetes tipo 2.

A boa notícia é que a pesquisa revelou resultados positivos. Ou seja, o consumo diário da canela pode ajudar no controle da doença.

Vale a pena lembrar que o tipo 2 do diabetes é mais comum nas pessoas com mais de 40 anos.

O que acontece no diabetes tipo 2?

Em outras palavras, o nosso corpo não consegue usar a insulina do jeito certo. Mesmo porque o pâncreas tem dificuldades em produzir este hormônio. Já que este órgão tem um papel importante na queima do açúcar.

Diabetes Tipo 2

Pois quando isso acontece, a gente não consegue usar essa energia. Logo a glicemia aumenta, e a concentração de glicose causa problemas no corpo.

No entanto, o uso da canela para diabetes não é novidade. Mas segundo José Claudio Lira, até agora os resultados não eram claros e exigiam maiores investigações. Além de ser o autor principal do estudo José também é pesquisador da Universidade Federal do Ceará.

Em entrevista à Super Interessante ele disse: “Foi por isso que, em 2016, dei início à pesquisa durante o meu doutorado”.

O que o estudo fala da canela para diabetes?

A equipe realizou as pesquisas entre agosto e dezembro de 2019 com cerca de 140 voluntários de Parnaíba, Piauí. Logo, todos tinham o diabetes tipo 2.

Entre os voluntários tinham homens e mulheres entre 18 e 80 anos. Os pesquisadores dividiram estas pessoas em dois grupos. O primeiro grupo tomou 4 cápsulas de canela todos os dias por 3 meses. Mas para o segundo grupo eles deram a mesma quantidade de placebo.

Canela para diabetes ajuda no controle da doença

Entretanto, todas as pessoas continuaram a mesma rotina de antes. E o interessante que ninguém do estudo sabia qual grupo usava a canela. Lira explicou que foi uma forma de proteger os resultados. Ele revelou ainda que apenas um cientista ficou responsável pela classificação. As informações ficaram guardadas num envelope, que foi aberto só final da pesquisa.

Depois de 90 dias, a equipe de cientistas realizou novos exames de sangue para avaliar os resultados. O grupo que ingeriu canela reduziu 0,21% nos índices de hemoglobiona glicada. Mas o outro grupo registrou um aumento de 0,38%.

Entretanto, nos testes de glicemia em jejum, houve uma redução de 10 mg/dL no grupo que tomou canela. Já no outro grupo com placebo, o nível aumentou para 21 mg/dL.

Mas é importante lembrar que o consumo de canela deve ser usado como complemento apenas. E como a gente sempre fala aqui, procure um médico, faça uma dieta certa, tenha uma alimentação saudável e pratique exercícios físicos.

Pois o diabetes é uma doença crônica e precisa ser tratada pelo resto da vida. Lira recomenda consumir a canela in natura numa única refeição ou em doses.

E aí, curtiu o post? Diga aí nos comentários. Mas não esquece de deixar seu voto positivo e a sua reação!

[Fonte Super Interessante]

A melhor hospedagem para o seu site

Merece 1 ponto seu?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escrito por Anderson di Aguiar

Gestor Social Media
2 prêmios de melhor blog do Brasil com Frango Nerd
Sócio da Aramado Midia Marketing Digital
Webdesigner - Designer - Problogger

Artrite não tem cura, mas tem tratamento natural inclusive

Artrite não tem cura, mas tem tratamento natural inclusive

Borra de café pode ser usado como repelente e esfoliante

Borra de café pode ser usado como repelente e esfoliante