in

GosteiGostei

Enxaqueca é mais frequente nas mulheres. Você sabe porquê?

A resposta está nos hormônios!

Tempo de leitura: 3 minutos

Você sabia que as mulheres tem mais enxaqueca do que os homens? Pois saiba que os hormônios têm um papel importante no seu surgimento!

Durante a infância a enxaqueca é igual para os meninos e meninas. Mas após a puberdade, ela duplica nas mulheres e triplica após os 30 anos!

No auge da menstruação as crises acontecem com mais frequência. Mesmo porque, a ocorrência está relacionada com a variação hormonal. Em outras palavras, nesta fase acontece uma queda muito grande dos níveis de estrogênio.

No entanto, existem algumas estratégias que podem diminuir este impacto. A mulher pode usar anti-inflamatórios não esteroides ou triptanos por exemplo. Assim como trocar o método anticoncepcional, optando pelo implante subcutâneo ou pelo adesivo cutâneo por exemplo.

No entanto, as crises exclusivas do período menstrual atingem apenas 14% das mulheres. Mas na grande maioria delas, as crises também acontecem fora do período menstrual.

Enxaqueca é mais frequente nas mulheres. Você sabe porquê?

Agora, nos casos de contracepção hormonal, a enxaqueca pode piorar com o uso prolongado. No entanto, para as mulheres com enxaqueca sem aura, recomenda-se o uso de pílulas combinadas de baixa dosagem. Mas nas mulheres que sofrem de enxaqueca com aura, recomenda-se o uso da pílula da amamentação.

Mas a boa notícia é que ela melhora durante a gravidez. Esta melhora geralmente acontece em 80 a 90% dos casos. Isso porque acontece na gravidez o aumento progressivo do nível de estrogênio.

Fases da enxaqueca

Assim, os remédios que aliviam ou previnem as crises podem não ser necessários nesta fase da vida. Outras atitudes como uma noite bem dormida e o exercício físico ajudam na redução do estresse e das dores. No entanto, quando precisar, existem remédios que você pode tomar tranquilamente. É só consultar o médico, lembrando que a automedicação pode ser mais prejudicial ainda!

Por outro lado, as crises de enxaqueca voltam a ser mais frequentes no pós-parto. Mesmo porque, as alterações hormonais voltam, junto com estresse e a privação do sono.

Enxaqueca é mais frequente nas mulheres. Você sabe porquê?

Portanto, é importante procurar o médico no período de amamentação. Pois é preciso saber quais são os medicamentos ideais. Já que eles podem sair no leite e produzir efeitos secundários no bebê.

Mas fique atento aos remédios preventivos, pois eles são usados para casos mais graves.

Segundo os especialistas, a enxaqueca pode piorar na perimenopausa. Este, é o período temporal que ocorre entre 2 a 8 anos antes da menopausa. Aliás, é neste período que ocorre um novo pico de incidência da doença, assim como acontece na puberdade.

Do mesmo modo, este fenômeno está relacionado com a queda do nível de estrogênio. Mas quando chega a menopausa, a enxaqueca diminui.

E você, sente muitas dores de cabeça? Diga aí nos comentários, mas não esquece de deixar seu voto positivo e a sua reação!

A melhor hospedagem para o seu site

Merece 1 ponto seu?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Escrito por Gláucia di Aguiar

Mãe de duas filhas lindas: Sara e Ísis.

Também trabalha como Criadora de Conteúdo no Gênio e no Instagram Glamour na Medida.

Água com sabor ajuda a controlar o peso e o apetite

Água com sabor ajuda a controlar o peso e o apetite

Valorize a beleza feminina com 7 dicas simples e fáceis

Valorize a beleza feminina com 7 dicas simples e fáceis