Alimentação na Infância, a importância e como fazer
in

UAUUAU AmeiAmei

Alimentação na Infância, a importância e como fazer

Prevenção é a palavra chave para evitar este problema.

Tempo de leitura: 4 minutos

Saiba como é importante a alimentação na infância. Pois a obesidade infantil é um dos principais problemas da saúde pública no Brasil.

A alimentação é uma das coisas mais importantes para a nossa saúde. No entanto, ela é mais importante nos primeiros anos de vida. Pois a alimentação na infância tem um papel determinante no crescimento e desenvolvimento das crianças.

Portanto, é nesta fase que aprendemos a gostar ou não de cada tipo de alimento. Ou seja, é na infância que definimos as nossas preferências alimentares. Então, a saúde na fase adulta depende muito da forma que a criança se alimenta.

A alimentação precisa incluir diariamente os alimentos dos 7 grupos a seguir:

  • Cereais e derivados, raízes como batata e beterraba, por exemplo (4 a 5 porções);
  • Frutas (3 a 4 porções);
  • Verduras (3 a 4 porções);
  • Laticínios (2 a 3 porções);
  • Carne, peixes e ovos (1,5 a 2 porções);
  • Legumes (1 porção);
  • Gordura e óleos (1 porção).

De quanta energia uma criança precisa por dia?

Neste caso as necessidades de energia diária depende de cada criança. Pois cada uma tem uma necessidade relativa à sua fase de crescimento e o seu gasto energético.

As crianças de 3 até 6 anos de idade precisam consumir cerca de 1300 calorias. Já as crianças acima de 6 anos precisam consumir 1700 calorias por dia.

Alimentação na Infância, a importância e como fazer

Especialistas recomendam alimentar as crianças com 5 a 6 refeições por dia, ou seja, de 3 em 3 horas. Isso é necessário para um equilíbrio correto do organismo. Sendo assim, eles recomendam café da manhã, pré-almoço, almoço, lanche da tarde, janta e algo leve antes de dormir se for o caso.

Café da Manhã

A primeira refeição do dia é uma das mais importantes, pois garante energia para o bom funcionamento do corpo. Um café da manhã fraco ou sua ausência, pode causar falta de concentração das crianças na escola por exemplo. Isso porque falta glicose para o cérebro trabalhar, ou seja, glicose é energia.

Alimentação na Infância, a importância e como fazer

No café da manhã precisa ter:

  • proteína que pode ser encontrada no leite, iogurte, queijo ou ovo;
  • pão, cereais, aveia
  • além de uma pequena porção de gordura que pode ser encontrado no azeite, queijo ou manteiga;
  • e por fim uma fruta, pois contém vitaminas, minerais e fibras.

Alimentação na infância – Lanches

Geralmente os lanches estão entre as refeições principais como café da manhã, almoço e janta. Portanto os lanches precisam ser leves com boas fontes proteicas e hidratos de carbono complexos.

Algumas opções para a hora do lanche podem incluir iogurtes, sanduíches, frutas, frutos secos, tomate cereja, queijo fresco ou bolachas de milho, por exemplo.

Almoço e Janta

Você pode iniciar o almoço ou janta com uma sopa de legumes se eles gostarem.

Mas se preferir, monte o prato colocando legumes e/ou saladas na metade do prato. Em seguida coloque uma porção de carboidratos que pode ser arroz, macarrão, batatas ou batata-doce. Mas fique atento, pois esta porção precisa ter 1/4 do prato.

Logo depois, coloque um pedaço de carne, peixe ou um ovo e complete com 1/8 de feijão, grão de bico ou ervilhas.

Para finalizar, a sobremesa pode ser uma fruta ou uma gelatina. Evite dar suco ou refrigerante durante a refeição. Caso você preferir dar essas bebidas, faça com moderação 30 minutos após as refeições.

Alimentação na infância – Ceia

Para finalizar o dia da criança ofereça algo leve como 1 copo de leite ou iogurte. Vai depender do hábito da criança.

E aí, curtiu as dicas de hoje? Eu vou preparar outros posts sobre a alimentação na infância, falando sobre as recusas, alimentação na escola e sobre a obesidade infantil.

Comente aqui embaixo falando sobre sua experiência com seus filhos. Mas não se esqueça de deixar um voto positivo e a sua reação para este post.

A melhor hospedagem para o seu site

Merece 1 ponto seu?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escrito por Gláucia di Aguiar

Mãe de duas filhas lindas: Sara e Ísis.

Também trabalha como Criadora de Conteúdo no Gênio e no Instagram Glamour na Medida.

Manchas escuras nas mulheres, quais as causas e como tratar?

Manchas escuras nas mulheres, quais as causas e como tratar?

Sorrir faz bem à saúde, principalmente nesta pandemia

Sorrir faz bem à saúde, principalmente nesta pandemia