Intolerância à lactose, o que é, causas, tratamento e receitas

Anderson di Aguiar
Anderson di Aguiar 3 visualizações
5 minutos de leitura

Em primeiro lugar, a lactase é uma enzima que acelera a transformação da lactose em glicose e galactose. Faz parte do fluxo intestinal e é essencial para a digestão do leite. Esta enzima está presente no leite e no iogurte por exemplo.

A intolerância à lactose produz sintomas muito diferentes e varia de pessoa para pessoa. Logo estes sintomas podem ser bem leves ou muito graves. A ponto de prejudicar a saúde e a qualidade de vida.

A saber, a lactose é formada por dois açúcares simples: a glicose e a galactose. Ou seja, por ela estar presente no leite materno, é raro crianças menores de cinco anos terem intolerância à lactose.

Por outro lado, as intolerâncias alimentares são reações não alérgicas mais muito sensíveis a determinados alimentos. Portanto, elas não envolvem o sistema imunológico, ao contrário das alergias alimentares.

Causas da intolerância à lactose

Em casos muito raros, a intolerância pode ter origem genética. O que resulta na ausência total de lactase no bebê.

No entanto, existem algumas que também causam intolerância à lactose.

  • doenças intestinais;
  • a síndrome do intestino irritável;
  • uma cirurgia por exemplo;
  • ou uma lesão no intestino delgado.

Por outro lado, os mais velhos são mais propensos a desenvolver intolerância à lactose. Sendo assim, é muito comum existir uma queda gradual de lactase. Mas isso é comum, e ocorre por causa do envelhecimento.

Outra causa pode ser a retirada de lactose de dietas prolongadas. Ou por outros motivos como preferência, crenças, dentre outros.

Intolerância à lactose, o que é, causas, tratamento e receitas

Sintomas da intolerância à lactose

Agora, a intolerância à lactose pode afetar seriamente a qualidade de vida. Mesmo porque a produção de lactase diminui dentro do intestino delgado. Logo, ocorre um aumento da sua concentração no cólon. Dessem modo, aparecem alguns sintomas característicos como:

  1. Inchaço abdominal (barriga inchada);
  2. Cólicas abdominais (dor na barriga);
  3. Diarreia;
  4. Gases;
  5. Prisão de ventre.

Portanto, a frequência e a gravidade dos sintomas podem variar bastante entre as pessoas. Normalmente, as reações dependem da dose ingerida. Por outro lado, uma quantidade menor pode ser melhor tolerada por algumas pessoas. Assim, os sintomas podem variar de leves a graves, dependendo da gravidade da intolerância.

Tratamento

Não existe qualquer tratamento ou medicamento cientificamente comprovado. Logo, nada pode curar ou tratar a intolerância à lactose. Contudo, algumas medidas ajudam na prevenção dos sintomas.

O ideal portanto é reduzir ou mesmo eliminar por completo as fontes de lactose. Ou seja, não consumir leite e seus derivados é uma boa opção.

Mas existem outras alternativas para quem tem intolerância à lactose. Assim, elas ajudam na melhoria dos sintomas. Logo, não é necessário eliminar os lacticínios da alimentação. A alternativa neste caso, pode ser o consumo de probióticos ou de suplementos enzimáticos. Estes suplementos têm enzimas ideais para ajudar na digestão da lactose.

Então, quais os alimentos você deve evitar?

A pessoa que tem intolerância à lactose não deve comer ou beber os seguintes alimentos (possuem lactose):

  • Leite de vaca (todos os tipos, incluindo condensado e em pó);
  • Leite de cabra;
  • Queijo;
  • Iogurtes;
  • Manteiga.
Intolerância à lactose, o que é, causas, tratamento e receitas

Por outro lado, existem outros alimentos que podem conter lactose, a saber:

  • Bolachas e biscoitos;
  • Chocolate;
  • Pães de leite;
  • Bolos;
  • Cereais de pequeno-almoço;
  • Sopas;
  • Molhos instantâneos;
  • Margarina;
  • Frutas em conserva;
  • Carnes processadas como presunto, fiambre, linguiça;
  • Refeições prontas a consumir;
  • Natas para culinária.

Agora, todo mundo deve ler o rótulo antes de comprar os alimentos. Somente assim é possível descobrir a presença de lactose. Então, preste atenção se no rótulo aparece alguns destes ingredientes: caseína, soro de leite, proteína de soro do leite e coalhada.

E pra finalizar confira uma receita super saudável e saborosa:

Batida de frutas vermelhas

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de flocos de aveia;
  • 200 mL de bebida de amêndoa, ou de sua preferência;
  • 100g de framboesas, mirtilos, morangos;
  • 1 banana pequena.

Modo de preparo:

  1. Corte a fruta em pedaços e os coloque num liquidificador;
  2. Em seguida, adicione todos os ingredientes e misture até ficar homogêneo. Coloque gelo e beba em seguida.

E aí curtiu as dicas de hoje? Diga aí nos comentários.

Acompanhe o Gênio! nas redes sociais para ficar por dentro de mais novidades incríveis: Facebook e Instagram

  • Descubra como ganhar R$ 500 em apenas 7 dias: o mapa definitivo para alcançar suas metas financeiras! Clique para descobrir

Vídeo novo no canal

Compartilhe esse Post
Seguir:
Anderson trabalha como Designer Gráfico há 22 anos e como produtor de conteúdo há 15 anos. Pai de 3 filhas lindas, nerd de carteirinha, assiste filmes, desenhos e séries todos os dias e ama o que faz!
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *